Horta do Palácio Nacional de Sintra

A intervenção realizada no âmbito do projeto “Conservação e Restauro, Elementos construídos - Horta do Palácio Nacional de Sintra” foi atribuída à ERA-Arqueologia pela Parques de Sintra - Monte da Lua, S.A. (PSML) em Dezembro de 2017.

Os trabalhos enquadraram-se no âmbito da missão da PSML, nomeadamente na conservação dos bens patrimoniais sob a sua gestão. Consistiram na estabilização dos diferentes elementos arquitetónicos e decorativos, assim como em melhorar aspetos de ordem estética, no sentido de permitir ao visitante, ou especialista, a contemplação e usufruto do bem sem interferências causadas pelo mau estado de conservação ou pela presença de alterações/intervenções não adequadas.

Eventual aspeto menos positivo pode prender-se com o prolongamento dos prazos inicialmente previstos, tal devendo-se sobretudo a dificuldades inerentes ao planeamento de uma obra no exterior, nomeadamente, a exposição a fatores ambientais adversos. É de salientar que os materiais e técnicas empregues no tratamento de cantarias, rebocos e elementos em madeira não são compatíveis com condições adversas como pluviosidade, níveis elevados de humidade relativa e ambientes com temperaturas elevadas e níveis reduzidos de humidade relativa.

Os elementos intervencionados ficaram estabilizados química e fisicamente, tendo sido também melhoradas características estéticas que possibilitam melhor preservação no tempo e melhor contemplação e usufruto do património. O sucesso do trabalho realizado deveu-se em grande parte ao esforço e dedicação conjunta da equipa liderada pela ERA-Arqueologia e ao apoio e interacção permanente com a equipa da Parques de Sintra – Monte da Lua.